Resenha: The Beauty Of Darkness – Mary E. Pearson

16682761-_sy540_Título: The Beauty of Darkness
Autor(a): Mary E. Pearson
Editora: Henry Holt and Co.
Páginas: 679

Sinopse: Lia sobreviveu a Venda – assim como um grande mal disposto a destruir Morrighan. E só Lia pode pará-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha senão assumir seu papel de Primeira Filha, como soldado – como líder. Enquanto ela luta para chegar a Morrighan e avisá-los, ela encontra-se discordância com Rafe e desconfiada de Kaden, que a tem caçado por todo lugar. Nesta conclusão para a trilogia Remanes Chronicles, os traidores devem ser erradicados, os sacrifícios devem ser feitos e as probabilidades impossíveis devem ser superadas à medida que o futuro de cada reino está na balança. – via Skoob


SPOILERS PARA OS LIVROS ANTERIORES

Finalmente cheguei ao último livro da trilogia e que sensação boa de dever cumprido terminar uma série que se desenvolveu tanto ao longo dos livros. Esse último livro começa no desespero que o anterior acabou, Lia está bastante machucada e cabe a Rafe fugir com ela a tempo de salvá-la. Enquanto isso Kaden continua em Venda tentando lidar com as consequências dessa fuga.

As coisas dão mais ou menos certo e Lia precisar volta para seu reino e cumprir a profecia que diz que ela deve expor os traidores e se sacrificar para seu povo ter uma chance de vitória na guerra iminente

Claro que os mozões Rafe e Kaden tentam interferir antes que seja tarde demais e é aí que Lia mostra o quanto ela cresceu deixando claro que ela não precisa que nenhum dos dois pensem por ela e sim que os três trabalhem juntos. Apesar de algumas teimosias e mimimis de Rafe, um plano que vai decidir o futuro de todos os reinos começa a tomar forma.

Esse livro segue o mesmo estilo dos outros e a narração fica por conta de Lia, Rafe e Kaden. Eu amei ler as partes da Lia e do Kaden, mas tinha vontade de morrer de tédio quando era vez do Rafe e suas enrolações. Entre todos os personagens, ele foi o que menos se desenvolveu e eu fui perdendo o interesse nele. Tirando esses momentos, foi uma leitura muito boa tornando impossível largar o livro.

“The Beauty of Darkness” é o melhor livro da trilogia porque grazadeus ele não foca em romance e sim na guerra e em toda a política necessária para lidar com tudo isso. Lia passa da garota mimada que não queria casar para uma líder disposta a tudo para proteger suas ideologias e seu povo.

De fato, eu desanimei quando li o primeiro livro e vi que a história tinha um potencial incrível, mas a autora focava só no romance. Ainda bem que continuei a série porque o romance vai saindo de cena e uma trama mais inteligente e bem escrita ganha espaço e entrega um final magnifico para os leitores.

P.S: eu li em inglês, mas a Darkside vai lançar a versão BR diva em breve.

4.5/5

4.5/5

postporrrrr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s