Resenha: Tiny Pretty Things – Sona Charaipotra e Dhonielle Clayton

91uv2uwjy3l-_sl1500_Título: Tiny Pretty Things
Autor: Sona Charaipotra e Dhonielle Clayton
Editora: HarperTeen
Páginas: 448

Sinopse: Gigi, Bette, and June, three top students at an exclusive Manhattan ballet school, have seen their fair share of drama. Free-spirited new girl Gigi just wants to dance—but the very act might kill her. Privileged New Yorker Bette’s desire to escape the shadow of her ballet star sister brings out a dangerous edge in her. And perfectionist June needs to land a lead role this year or her controlling mother will put an end to her dancing dreams forever. When every dancer is both friend and foe, the girls will sacrifice, manipulate, and backstab to be the best of the best. – via skoob


“Tiny Pretty Things” é contado através do ponto de vista das três protagonistas – Gigi, Bette e June – e cada uma delas conta o que está acontecendo no presente numa das melhores escolas de ballet do mundo, ao mesmo tempo que mostram os fatos e situações do passado que as fizeram chegar onde elas estão.

Gigi é a garota nova que se revela um grande talento do ballet e faz com que as outras bailarinas tenham inveja dela. Bette era o grande talento da escola antes da chegada de Gigi e se sente ameaçada quando Gigi começa a se destacar, além disso ela precisa lidar com a pressão de sua família. June nunca se destacou, mas é uma grande bailarina que pode perder tudo quando sua mãe ameaça tirá-la da escola de ballet e seu distúrbio alimentar se torna cada vez pior.

raw

Só por aí já dá para perceber que drama é a palavra-chave desse livro. O mundo do ballet é extremamente competitivo e as autoras exploram isso muito bem mostrando o que as garotas são capazes de fazer para conseguir o papel de protagonista nas apresentações. Claro que tudo isso vem com uma ótima dose de drama digno das melhores novelas mexicanas, tem briga por papéis importantes, por garotos, por amigos e por segredos do passado.

Não é um livro genial, mas gostei muito da história e principalmente das protagonistas. Nenhuma delas é tão santa quanto pensam que são e nem tão ruins quanto os outros dizem, passei o livro inteiro numa relação de amor e ódio pelas três e isso é ótimo por que faz o personagem se tornar real para o leitor.

É difícil falarem muito desse livro aqui no Brasil, mas para quem lê inglês de boa é uma ótima dica de uma leitura divertida com uma boa dose de drama. Mal posso esperar para ler a continuação que já foi lançada e chorar nessas capas lyndas.

4/5

4/5

postporrrrr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s