Série: Penny Dreadful

PennyDreadfuk_elegy0001Precisamos falar sobre “Penny Dreadful” e sobre porque eu demorei tanto para ver essa série. Só fui começar a ver quando a série foi finalizada, sendo que nos últimos 3 anos quase todo mundo me falava que deveria assistir. Por um lado, foi bom já que em uma semana assisti tudo sem ter que esperar séculos pelo próximo episódio, por outro lado acabou muito rápido.

Vamos ao que interessa. “Penny Dreadful” tem 3 temporadas e se passa em Londres no final do século 19. É baseada em livros clássicos de fantasia e terror como “Frankenstein”, “O Retrato de Dorian Gray”, entre outros. Só por aí já dá para imaginar que a série vai envolver muitos tipos de monstros e uns sustinhos básicos.
tumblr_inline_nnm1eiTBtR1slrvm0_500

A grande protagonista é Vanessa Ives, uma mulher que passou a vida sendo atormentada por demônios ~literalmente~ até sua amiga Mina ser levada por uma dessas criaturas. Sir Malcolm é pai de Mina e sempre foi como um pai para Vanessa, agora os dois precisam se juntar para encontrar a garota. A série começa mesmo quando o pistoleiro Ethan Chandler chega à cidade e é convidado por Vanessa para uma aventura, logo ele se junta a eles na busca por Mina.

Além do trio principal, a série também traz o Dr. Frankenstein (queria abraçar e proteger do mundo) e sua criatura que ficam num dilema existencial sobre o que é ser um monstro. A história de Dorian Gray tem apenas algumas ligações com a história principal, mas mesmo assim é divertidíssimo assistir ele seduzindo qualquer coisa que se mexa.

“All sad people like poetry. Happy people like songs.”

“Penny Dreadful” me conquistou logo no primeiro episódio e eu não conseguia parar de assistir, os personagens são todos incríveis, mas quem rouba a cena é Vanessa, Eva Green está fantástica nesse papel, ela arrasa em todas as cenas principalmente nos episódios de flashbacks que se passam num manicômio e nas inúmeras possessões. Vanessa Ives não passa um episódio sem sofrer, ela não é santa, mas é impossível não sentir pena da personagem, nem preciso dizer que chorei horrores né?

Só acontece desgraça nessa série? Exato, vem chorar comigo. Na verdade, não, tem romance também. Ethan e Vanessa tem uma conexão logo que se encontram, mas não admitem um para o outro. Basicamente é o meu tipo de casal preferido: demoram mil anos para se pegar e é certeza que algo vai dar errado, mas I WILL GO DOWN WITH THIS SHIP.

giphy (3)

E sim a série foi “cancelada” na terceira temporada, mas tem um final que faz total sentido para a trama, eu senti que os últimos episódios foram um pouquinho atropelados, mas ainda sim possuem uma qualidade imensa. Mesmo me fazendo sentar no cantinho para chorar, o final me agradou bastante porque era algo inevitável e os roteiristas não ficaram enrolando por mil temporadas. Vale muito a pena assistir e arrasar no “Verbis Diablo” junto com a Vanessa.

Para quem ficou se perguntando o que significa “Penny Dreadful”, xá que eu explico. No século 19 eram vendidas umas revistinhas chamadas de “PENNY DREADFUL” que vinham com contos de terror (DREADFUL) e o valor dessas revistinhas era um centavo (PENNY).

“We make our own Heaven and our own Hell”

P.S: fazendo essa resenha descobri que estão lançando HQs que se passam um pouquinho antes da trama da série começar, para quem está órfão que nem eu vale a pena conferir.

postporrrrr

Anúncios

4 comentários sobre “Série: Penny Dreadful

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s