Resenha: A Morte de Ivan Ilitch – Lev Tolstói

Arquivo_000

Sinopse: Esta obra mostra a história de um burocrata medíocre, Ivan Ilitch, um juiz respeitado que depois de conseguir uma oferta para ser juiz em uma outra cidade, compra um apartamento lá, para ele, sua mulher, sua filha e seu filho morarem. Ao ir para o apartamento, antes de todos, para decorá-lo, ele cai e se machuca na região do rim, dando início à uma doença. – via Skoob


O livro começa com o anúncio da morte do juiz Ivan Ilitch, a noticia é recebida pelos amigos e colegas de trabalho de Ivan durante um julgamento e todos ficam chocados num primeiro momento, mas em questão de minutos já estão especulando quem vai pegar o cargo dele e quais promoções cada um deles podem ganhar com isso.

A trama volta um pouco no tempo e o autor começa a contar a vida de Ivan Ilitch desde sua infância até ele se tornar um importante juiz. Filho de um funcionário público, Ivan sempre teve uma vida simples porem ambiciosa, estudou o trabalhou muito para conseguir tudo o que queria. Sempre se preocupou com o que a sociedade pensava dele e fazia de tudo para ser agradável e ter uma boa imagem acabando por se casar com uma moça de boa família e tendo dois filhos, fazendo com que Ivan se passe mais tempo no trabalho para sustentar a família.

Tudo se complica quando Ivan Ilitch descobre que tem uma doença sem cura, ele muda complemente e se afasta de todos, o casamento vai de mal a pior, o trabalho não tem mais valor e Ivan começa a se questionar sobre a morte.

“A Morte de Ivan Ilitch” é uma história curta, mas tem uma profundidade gigantesca. Em 80 páginas Tolstói consegue contar a vida inteira de um homem, fazendo com que o leitor tenha aquela sensação de familiaridade com o personagem. A reflexão sobre a vida e a morte começa aos poucos e quando percebi já estava super envolvida nos pensamentos do protagonista e imaginando o que eu faria se a situação fosse comigo. É difícil de acreditar que um livro tão pequeno seja capaz de fazer o leitor reavaliar toda a sua vida, mas Tolstói consegue fazer isso perfeitamente.

Outro ponto importante do livro são as críticas sociais, afinal não seria literatura russa sem crítica. Tolstói distribui patadas para todas as classes sociais e para todas as partes do governo mostrando que a sociedade russa só se preocupava com as aparências. O autor expõe principalmente a falta de preparo dos médicos e a ambição dos funcionários públicos que só pensam em cargos. Apesar que isso não mudou nada até hoje.

5/5

5/5

Título: A Morte de Ivan Ilitch
Autor: Lev Tolstóipostporrrrr
Editora: Folha de S. Paulo
Páginas: 80

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s