Resenha: Cidade dos Etéreos – Ransom Riggs

51wCwpYLHlL._SX346_BO1,204,203,200_Título: Cidade dos Etéreos
Autor: Ransom Riggs
Editora: Intrínseca
Páginas: 384

Sinopse: Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares. Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época — tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante. – via Skoob


ATENÇÃO: SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO DA TRILOGIA.

Em “Cidade dos Etéreos”, encontramos Jacob e seus amigos peculiares exatamente onde o primeiro livro parou. As crianças precisam chegar a alguma fenda temporal que ainda não esteja dominada pelos Etéreos para tentar salvar a Srta. Peregrine que está presa na forma de uma ave. Ao chegar na primeira fenda eles descobrem uma ymbryne que pode ajudá-los. O problema: ela está em Londres e as crianças passam a primeira metade do livro tentando chegar até lá. É claro que tudo não está resolvido quando eles chegam em Londres e na verdade as coisas só se complicam.

Com relação aos personagens, Jacob está descobrindo seu dom e a cada dia ele entende mais como aquela sensação funciona, mas ainda assim é o típico protagonista perdido, apesar de manter o nível de estupidez bem baixo. Gosto dele. Emma chama mais atenção porque ela resolve as coisas e muitas vezes nessa ansiedade de tentar carregar tudo nas costas ela acaba fazendo algumas coisas erradas, mas ainda assim admiro a inteligência e a força dela. Uma ótima personagem feminina. Apesar de Jacob e Emma serem os protagonistas, as outras crianças têm igual importância na história, todos tem a sua peculiaridade que acaba ajudando uma hora ou outra. Sem algum deles, é bem provável que todos já estivem mortos.

É um livro bom, gostei bastante e me fez ficar ansiosa pelo último volume da trilogia. Apesar do senso de urgência das crianças em ajudar a Srta. Peregrine o começo do livro é complemente arrastado, lia uma página e parecia que tinha lido um capítulo inteiro. Na metade o autor encontra um ritmo resultando em explicações e uma tensão que aumenta a cada página. As ultimas 100 páginas é daquelas que eu esquecia do mundo e só me importava em ler. Eu precisava saber o que ia acontecer.

É claro que as respostas que esse livro dá abre mais milhões de perguntas para o próximo livro, mas eu estou bem feliz com o rumo que a trama esta indo. Num geral senti que esse livro funciona como um filler entre os volumes 1 e 3, e por isso gostei um pouco mais do primeiro livro já que era tudo novo e estava conhecendo aquele mundo maravilhoso.

4/5

4/5

postporrrrr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s