Resenha: Everything, Everything – Nicola Yoon

download589Título: Everything, Everything
Autor(a): Nicola Yoon
Editora: Delacorte Press
Páginas: 320

Sinopse: Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa nunca sai em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostuma com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.


Maddy é uma garota de 18 anos que sempre viveu presa dentro de sua própria casa devido a uma doença em que ela tem alergia a qualquer coisa do mundo “exterior”. Basicamente se ela pisar do lado de fora ela morre. As únicas pessoas que ela convive são: a enfermeira Carla que a pessoa mais carinhosa do universo e a mãe que é medica e diagnosticou a doença de Maddy e dedicou a vida para cuidar dela. Maddy passa seus dias no quarto lendo e sonhando com o que a vida dela seria se ela não fosse doente, apesar dela estar totalmente conformada com sua situação.

Num belo de sol, chega uma família nova na casa ao lado e ao olhar pela janela Maddy vê que eles são em quatro pessoas, mas é o garoto vestido todo de preto que chama a atenção dela. Olly é o mais novo mozão da lista de mozões favoritos. Ele é engraçado, fofo, bonito, só veste preto ~gótico suave~, e ainda tenta proteger a mãe e a irmã do pai que vive bêbado. Maddy se apaixona por ele na hora e aos poucos os dois começam a conversar e se tornam amigos, mas eles querem ser mais do que amigos, o que fica difícil já que eles não podem nem chegar perto um do outro. Eles não desistem fácil, vão testando os limites e se apaixonam ainda mais até que Maddy começa a se questionar o tipo de vida que ela tem e se vale a pena jogar com a morte para ter a chance de viver um pouco.

“Maybe growing up means disappointing the people we love.”

Amei o livro, a história é fofa e bem escrita, os personagens são pessoas reais e rapidamente eu comecei a torcer por eles. A Maddy é engraçada e as vezes conta as coisas através de desenhos, o que deixa tudo mais fofo. Os capítulos são curtinhos e dá para ler em um dia.

Eu achava que sabia o que ia acontecer em toda a história então o final chegou me deu um tapa na cara e ainda riu de mim. De forma alguma eu esperava por esse final (admito que lá pelo meio do livro pensei na possibilidade, mas era de uma em um milhão então ¯\_(ツ)_/¯). O único problema que eu tive com o livro foi que por acontecer muita coisa no final, ficou tudo meio corrido e deixou a impressão de que algumas coisas não foram explicadas, mas isso não interfere em nada na história em geral.

Se você quiser um romance fofo com uma reviravolta incrível leia Everything, Everything.

P.s: por enquanto só tem em inglês, mas ano que vem o livro será lançado aqui no Brasi! 😉

“You’re not living if you’re not regretting.”

5/5

5/5

postporrrrr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s