Resenha: O Velho e o Mar – Ernest Hemingway

IMG_4976

Sinopse: Best-seller em todo o mundo e também no Brasil, “O Velho e o Mar” conta a história de um pescador que, depois de 84 dias sem apanhar um só peixe, acaba fisgando um de tamanho descomunal, que lhe oferece inusitada resistências e contra cuja força tem de opor a de seus braços, a de seu corpo, e, mais do que tudo, a de seu espírito.
Um homem só, no mar alto, com seus sonhos e pensamentos, suas fundas tristezas e ingênuas alegrias, amando com certa ternura o peixe com que trava ingente luta até levá-lo a uma derrota leal e honesta.
Uma obra-prima da literatura contemporânea, dotada de profunda mensagem de fé no homem e em sua capacidade de superar as limitações a que a vida o submete.

O livro conta a história de Santiago, um velho pescador cubano que se encontra em uma maré de azar. Faz 84 dias que ele não pesca nenhum peixe, um garoto que era seu ajudante teve que deixá-lo sozinho para ir trabalhar em um outro barco que tivesse mais sorte. É aí que o livro começa: Santiago está conversando com o garoto sobre como vai sair sozinho no dia seguinte e não voltar até acabar com seu azar. Ele sai logo cedo e quando já está quase perdendo as esperanças, sente que um peixe gigantesco se prendeu em seu anzol. Ele fica dias tentando pescar aquele peixe e levá-lo para casa enquanto se lembra de momentos de sua vida e testa a si mesmo para ver o quanto ele é capaz de ir para provar a si mesmo.

Eu gosto de ler clássicos de vez em quando e como Hemingway se tornou meu autor favorito eu geralmente escolho algum livro dele, mas até hoje não tinha lido “O Velho e o Mar”, um dos famosos e que dá para ler em uma tarde. E não me decepcionei com a história simples de Santiago.

IMG_4977

Se alguém tivesse me falado para ler um livro sobre um pescador que passa dias atrás de um peixe eu diria: “jamais vou ler isso. ” Mas Hemingway transforma essa premissa simples e até mesmo boba em algo incrível. Ele é um escrito direto, não tem enrolação para contar os fatos e mesmo assim eu sentia a história, eu entendia o velho e por muitas vezes queria mergulhar no livro e ir lá pegar o peixe. Além disso ele tenta entender o ser humano, o que seriamos capazes de fazer para alcançar o que queremos. Eu leria mais umas 400 páginas se fosse possível.

Eu recomendo esse livro para todo mundo, mas principalmente para aqueles que querem ler um clássico, mas tem medo daqueles livros de centenas de páginas. “O Velho e o Mar” tem o melhor que a literatura pode oferecer.

IMG_4975

P.S: não posso deixar de comentar essa edição linda e meio que minimalista que a editora Bertrand teve todo o cuidado de preparar. Eu amei e quero todos.<3

“É uma estupidez não ter esperança.”

5/5

5/5

Título: O Velho e o Mar
Autor: Ernest Hemingwaypostporrrrr
Editora: Bertrand
Páginas: 124

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s