Resenha: Bela Distração – Jamie Mcguire

DSC_0001
Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.
Em Bela distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby. via skoob

DSC_0002
O primeiro spin off da série Belo Desastre sem dúvidas é o meu livro predileto da autora Jamie Mcguire; confesso que embora tenha gostado da história do Travis e da Abby, eu me apaixonei muito mais pelos personagens de Bela Distração.
Nesse livro pude perceber um grande amadurecimento por parte da autora, os personagens são muito mais maduros, centrados e divertidos; dei muitas risadas com a maioria deles.
Camille Camlin é uma das minhas personagens favoritas da vida, ela é totalmente independente, não força para ser fofinha ou afeminada; ela fala palavrões, veste o que gosta e é um amor de pessoa (tudo isso sem ser forçada). Isso sem dúvidas é um ponto forte na história, já que algumas personagens principais costumam ser chatas (não me julguem, mas eu não vou com a cara da Abby).

” Mas ele era como areia movediça. Quanto mais eu lutava, mais eu afundava.”

Trenton Maddox… fãs do Travis que me perdoem, mas eu sou completamente apaixonada pelo Trenton, ele é meu preferido de todos (e é o meu mozão literário), Trent é uma mistura de tudo de bom que existe: tatuado, lindo, romântico e muito engraçado.
O livro me prendeu de todas as formas, não tem como não suspirar lendo as partes do Trent com a Cami (principalmente quando ele chama ela de Camomila <3) eles são adoráveis e foram feitos um para o outro.

” – Eu também não to tentando ser bonita.  
– Então está fracassando.”

Sabemos que a personagem principal tem um namorado que mora na Califórnia e nunca tem tempo pra ver ela, as vezes ele nem sequer manda mensagem, isso faz com que ela se sinta mal e ao mesmo tempo se aproxime mais de Trenton.
Os outros personagens são super divertidos, eu simplesmente amei a Hazel porque ela é a pessoa mais engraçada ever.

Uma coisa eu recomendo com todo o meu coração: NUNCA EM HIPÓTESE ALGUMA LEIA A ÚLTIMA PÁGINA ANTES DE INICIAR A LEITURA.
Após ler o último parágrafo eu fiquei 10 minutos paralisada com a boca aberta (não estou mentindo).

É surpreendente, lindo, fofo, sexy e engraçado. entrou para a minha lista de preferidos da vida e eu sou #teamtrenton. vale a pena!

“Porque eu te amo desde o ensino fundamental, Camomila. E todo mundo sabia. Todo mundo.”

favorito

5/5 favorito

bealalapost

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s