Resenha: A Menina Mais Fria de Coldtown – Holly Black

“Todo herói é o vilão de sua própria história.”

IMG_2373

No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros, são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair.

Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown.

Comprei esse livro só porque estava em promoção e vinha numa caixa legal. Sim assumo que não li nem a sinopse, foi só pela capa. Até ele chegar eu li a sinopse e me decepcionei um pouco porque era um livro de vampiros, mas quando comecei a ler e me surpreendi. A história é muito legal e a autora consegue te prender do início ao fim.

IMG_2372

Eu achei que a Tana seria a típica protagonista tonta que nunca sabe o que está acontecendo; sim no começo ela é desse jeito mas ela vai melhorando e é muito útil no final. Apesar de achar algumas atitudes dela incrivelmente estúpidas, eu gostei bastante da personagem.

Mas todo livro precisa de um mozão e nesse temos o vampiro Gavriel, é impossível não gostar dele e não querer entender tudo que aconteceu com ele. Ele é completamente insano e dá as melhores risadas nos momentos mais tensos, mas ao mesmo tempo ele é todo fofo e preocupado com a Tana. Não fique amigo de uma pessoa insana, mas se ficar faça com que ele te ame a ponto de ignorar sua vingança de séculos pra dirigir para você.

IMG_2374

O segredo mais importante do livro é revelado só no final, mas se você ler prestando atenção dá pra ter uma ideia do que vai ser alguns capítulos antes. Isso aconteceu comigo e só tornou a história mais legal.

Além dessa caixa linda que veio o livro, eu sou apaixonada por essa capa. É muito amor

IMG_2376

Vale muito a pena ler e querer viajar para uma Coldtown.

“Ela não queria crescer,e , ainda assim, não havia uma única coisa que pudesse fazer para impedir isso.”

5/5 favorito

5/5
favorito

coldtownpost2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s