Resenha: Em Chamas (Jogos Vorazes #2) – Suzanne Collins

“Gostaria muito de poder congelar esse momento, bem aqui, nesse instante, e viver assim para sempre.”

IMG_1957

Depois de ganhar os Jogos Vorazes, Katniss e Peeta têm de enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Katniss está aprendendo que ela pode mudar o mundo em que vive se ela quiser, mas as lembranças e pesadelos dos jogos continuam assombrando ela e a deixando com medo de que se ela fizer algo seus amigos e família podem sofrer as consequências.

A nova edição dos jogos chama-se Massacre Quaternário e acontece a cada 25 anos. O presidente Snow decide que quem vai participar são os vitoriosos dos outros jogos (meça seus jogos, parça) e Katniss e Peeta voltam para a arena

Dessa vez a arena é mais legal e parece mais um jogo. É um relógio em que cada hora um desastre diferente acontece. Todos são muito criativos.

Apesar de parecer repetitivo, a história é bem diferente, pois Katniss não está mais sozinha e conhecemos novos personagens que serão importantes para o último livro.

IMG_1958

Um deles é Finnick um vencedor do distrito 4 e um queridinho da capital por ser lindo e charmoso. Me apaixonei por ele e pela linda história de amor que tem com Annie, uma garota do seu distrito.

Outra é Johanna uma vencedora do distrito 7 que não tem problema em falar o que pensa pra todos. Os momentos mais engraçados ficam por conta dela e seu sarcasmo

A relação de Peeta e Katniss passou do fingimento e os dois estão realmente se conhecendo melhor. Apesar dela ainda ficar naquele lenga lenga de Gale ou Peeta ela sabe que o Peeta passou pelas mesmas coisas que ela e ele é o único que faz os pesadelos pararem. É tão fofo. ❤

“Meus pesadelos normalmente têm a ver com perder você. Eu fico legal logo que percebo que você está aqui.” – Peeta

Katniss mesmo com sua lerdeza percebe que algo esta diferente, pois todos ali na arena estão dispostos a morrer por ela e ninguém parece querer que os levantes no país parem. Podemos ver uma revolução começando a se formar, por conta do livro ser apenas a visão da Katniss não temos todas as informações, mas vemos que ela é a base da revolução, as pessoas imitam ela desafiando a capital (ela leva um pouco mais de tempo pra entender isso e mais tempo ainda para aceitar)

O final é perfeito e muito bem escrito, eu ~e o Snow~ realmente não esperava que cada pequeno detalhe fosse tão importante para o final e não esperava a atitude da Katniss (não merece palmas e sim o Tocantins inteiro). Mas nem tudo fica bem e nem todos são tirados da arena pelas pessoas certas, mas isso é pra próxima resenha 😉

5/5

5/5

Untitled-3post2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s